E não somente isso, mas também nos alegramos, com confiança, quando os problemas e sofrimentos vêm, porque sabemos que eles produzem perseverança em nós. Romanos 5.3
Leitura diária na versão Novo testamento Versão Palavra Viva/Velho testamento Bíblia Viva - Português


Ezequiel 29
Ezequiel 30
Apocalipse 1

Ezequiel 29


1
NO FIM DE DEZEMBRO, quando o rei Joaquim já havia passado dez anos como prisioneiro, o Senhor me enviou esta mensagem:
2
Filho do homem, olhe em direção ao Egito e profetize contra seu rei, Faraó. Profetize também contra toda a terra do Egito.
3
Quando falar, diga o seguinte: Assim diz o Senhor Deus! Eu sou seu inimigo, Faraó, rei do Egito! Você é como um enorme crocodilo, deitado entre os canais do rio Nilo, que pensa consigo mesmo: 'O rio Nilo é meu! Eu mesmo o criei para mim!'
4
Mas Eu vou amarrar e deixar bem presa essa sua enorme boca. Eu vou arrancar você de dentro de seus rios, junto com todos os peixes que vivem ao seu lado.
5
Jogarei você e seus peixes no meio do deserto, espalhados na areia. Lá você ficará sem ser enterrado, servindo de alimento aos animais e às aves.
6
os egípcios deixaram de socorrer os israelitas conforme haviam prometido, porque não tiveram forças para lutar. Agora eles saberão que Eu sou o Senhor.
7
Quando os israelitas quiseram se apoiar nos egípcios, foram abandonados. Foi como se alguém ao se apoiar numa bengala, esta partisse sob o seu peso, fazendo deslocar o ombro, deixando a pessoa tonta de dor.
8
Por causa disso, diz o Senhor Deus, trarei a guerra contra vocês, egípcios. Vocês e seus animais morrerão.
9
A terra do Egito se transformará num lugar vazio e deserto. Assim os egípcios saberão que Eu sou o Senhor.
10
Você, Faraó, pensa consigo mesmo: 'O rio Nilo é todo meu! Eu o criei!'. Por causa disso Eu agora estou contra você e contra os seus rios. Transformarei a terra do Egito num deserto, de Migdol até Seveno, desde o mar até à fronteira com a Etiópia.
11
O Egito ficará completamente deserto, sem homens e animais, durante quarenta anos.
12
Farei do Egito uma nação destruída, cercada de outras nações destruídas. Suas cidades ficarão vazias durante quarenta anos! Espalharei os egípcios entre todas as nações do mundo!
13
Por outro lado, o Senhor Deus promete: Depois desses quarenta anos reunirei os egípcios dentre as terras por onde foram espalhados.
14
Mudarei o destino do Egito e levarei o seu povo de volta à terra de Patros, onde começaram a existir como nação. Lá eles formarão um reino pequeno e fraco.
15
O Egito será a mais humilde das nações; nunca mais será um país que domina outros povos, nunca mais terá poder suficiente para isso.
16
Israel nunca mais confiará no Egito para resolver seus problemas. O Egito não fará voltar à minha memória o pecado de traição cometido por Israel, quando corria para pedir ajuda aos egípcios. Isso fará os israelitas compreenderem que Eu sou o Senhor Deus.
17
No vigésimo-sétimo ano de cativeiro do rei Joaquim, lá pela metade de março, o Senhor falou comigo e me disse:
18
Filho do homem, o exército do rei Nabucodonosor Me prestou um grande serviço atacando a cidade de Tiro. os soldados ficaram cansados e doentes. Perderam os cabelos, e a pele foi arrancada dos ombros, carregando cestos de terra e pedras durante o cerco! Apesar de todo esse esforço, Nabucodonosor não conseguiu conquistar os tesouros de Tiro, e seus soldados ficaram sem pagamento.
19
Por isso, diz o Senhor Deus, entregarei a Nabucodonosor, rei de Babilônia, toda a terra do Egito. Ele transformará os egípcios em escravos, tomará para si os tesouros do Egito, e seus soldados dividirão entre si as riquezas que encontrarem por lá. Assim, Nabucodonosor e seu exército serão pagos pelo serviço que me prestaram.
20
Sim, o salário de seu serviço, atacando a cidade de Tiro, será tomar posse da terra do Egito, diz o Senhor Deus.
21
Quando isso acontecer, devolverei a Israel sua antiga glória. Suas palavras serão finalmente respeitadas, e o Egito saberá que Eu sou o Senhor.

topo

Ezequiel 30


1
RECEBI OUTRA MENSAGEM do Senhor, que dizia:
2
"Filho do homem, profetize e anuncie! Assim diz o Senhor Deus: Chorem! Chorem porque aquele dia terrível se aproxima. É o dia do Senhor, um dia de nuvens escuras, um dia de desespero para as nações!
4
A guerra cairá sobre o Egito; haverá grande sofrimento na Etiópia, quando os mortos cobrirem o chão. os egípcios serão levados como escravos, e as riquezas do país serão tomadas pelos inimigos.
5
Todos os povos aliados do Egito, a Etiópia, Pute e Lude, a Arábia e a Lídia, serão destruídos juntamente com ele na guerra.
6
Assim diz o Senhor: Todas as nações que sustentam o Egito serão castigadas; ele será transformado numa nação fraca, sem qualquer motivo de orgulho. Seus moradores serão mortos em todo o país, de Migdol até Seveno.
7
O Egito se transformará num país deserto entre outros países igualmente desertos. As suas cidades ficarão em ruínas, cercadas de outras cidades destruídas.
8
Quando Eu destruir o Egito e seus aliados no fogo, eles saberão que Eu sou o Senhor.
9
Nessa mesma ocasião mandarei mensageiros em navios; as suas notícias deixarão muito espantados os etíopes, que vivem tranqüilos. Eles sofrerão a mesma angústia que os egípcios sentiram. Tudo isso se aproxima bem depressa.
10
Assim diz o Senhor Deus: Eu vou acabar com a glória do Egito! Farei isso através de Nabucodonosor, rei de Babilônia.
11
Ele irá com seus exércitos, formado pelos soldados mais temidos do mundo, para destruir o Egito. Farão guerra contra os egípcios, e encherão a terra de cadáveres.
12
Secarei o rio Nilo e venderei toda a terra do Egito a homens maus, Usarei estrangeiros para destruir a terra do Egito, e todas as riquezas que lá existirem. Eu, o Senhor, prometo isto!
13
Além de tudo, também destruirei os ídolos; acabarei com as imagens que existem em Mênfis. O Egito ficará sem rei; deixarei a terra em grande confusão!
14
Destruirei a cidade de Patros, na parte superior do rio Nilo. Deixarei em ruínas as cidades de Zoã e Tebas.
15
Jogarei toda a minha ira sobre a poderosa fortaleza de Sim, e acabarei com o povo de Tebas.
16
Incendiarei o Egito. Sim, a fortaleza do Egito, sofrerá terrivelmente, Tebas será destruída e Mênfis será atacada em pleno dia.
17
os jovens de Heliópolis e Bubastis serão mortos à espada pelo inimigo. os moradores serão levados para longe como escravos.
18
No dia em que Eu castigar o Egito, Tafnes também será atingida. A cidade perderá seu grande orgulho, seu grande poder. Será coberta por nuvens escuras, e os moradores das pequenas vilas ao seu redor serão feitos escravos.
19
Assim Eu castigarei o Egito, e os egípcios saberão que Eu sou o Senhor.
20
Um ano depois, no meio do mês de março, quando já haviam passado onze anos de prisão para o rei Joaquim, recebi uma mensagem do Senhor, que dizia:
21
Filho do homem, Eu já quebrei um dos braços de Faraó, rei do Egito. Esse braço não foi tratado, não foi amarrado com ataduras, nem imobilizado para recuperar sua força e voltar a usar uma espada.
22
Isso porque, diz o Senhor Deus, Eu estou contra Faraó, rei do Egito. Além do braço que está quebrado, quebrarei o outro também, e jogarei sua espada ao chão.
23
Depois disso, espalharei os egípcios por toda parte, entre todos os povos do mundo.
24
Darei mais e mais força aos braços de Nabucodonosor, rei de Babilônia; colocarei a minha espada na mão dele. Mas Faraó, com seus braços quebrados, gemerá de dor diante de Nabucodonosor.
25
Tornarei cada vez mais fortes os braços de Nabucodonosor, rei de Babilônia. Por sua vez, os braços de Faraó ficarão caídos, completamente inúteis. Todos saberão que Eu sou o Senhor, quando puser a minha espada na mão do rei de Babilônia, e ele destruir a terra do Egito com ela.
26
Espalharei os egípcios entre as nações, em todas as terras do mundo. Então eles saberão que Eu sou o Senhor.

topo

Apocalipse 1


1
Esta é a revelação de Jesus Cristo, que Deus deu a ele para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer. Ele enviou um anjo a seu servo João para que ele ficasse sabendo destas coisas,
2
e assim João relata fielmente tudo o que viu e ouviu. Este é o relato da palavra de Deus e do testemunho de Jesus Cristo.
3
Abençoado é aquele que lê as palavras desta profecia à igreja, e abençoados são aqueles que ouvem e obedecem às coisas escritas nela, pois o tempo está próximo.
4
Esta carta é de João, escrita para as sete igrejas da província da Ásia. Graça e paz da parte daquele que é, que sempre foi e que ainda está por vir; dos sete Espíritos que estão diante do seu trono
5
e de Jesus Cristo. Ele é a testemunha fiel destas coisas, o preeminente de todos que já ressuscitaram dentre os mortos e o soberano dos reis da terra. Ele é aquele que nos ama e nos libertou dos nossos pecados por meio do seu próprio sangue, e
6
ele nos fez um reino, sacerdotes para servir a Deus, seu Pai. A ele sejam glória e o poder para todo o sempre! Amém.
7
Olhem! Ele vem com as nuvens do céu e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram quando morreu, e todas as nações do mundo baterão nos seus peitos e se lamentarão de tristeza e de terror por causa dele. Isto certamente acontecerá. Amém.
8
"Eu sou o Alfa e o Ômega", diz o Senhor Deus. "Eu sou aquele que é, que sempre foi e que ainda está por vir, o Todo-Poderoso”.
9
Eu, João, sou seu irmão e companheiro no sofrimento, no reino e na perseverança que estão em Jesus. Eu estava exilado na ilha de Patmos por causa da pregação da palavra de Deus e do testemunho sobre Jesus.
10
Eu me achei no Espírito no dia do Senhor, e de repente eu ouvi por trás de mim uma grande voz, como uma trombeta,
11
dizendo: “Escreva num livro tudo o que você vê, e o envie às sete igrejas nas cidades de Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia”.
12
Quando eu me virei para ver quem estava falando comigo, vi sete candelabros de ouro.
13
E de pé no meio dos candelabros havia alguém semelhante a um filho de homem, vestido numa roupa comprida com um cinto de ouro em volta do peito.
14
Os cabelos da sua cabeça eram brancos como lã, tão brancos quanto a neve. E seus olhos eram como chamas de fogo.
15
Seus pés eram como bronze, brilhando como se estivessem sendo refinados numa fornalha ardente, e sua voz era como o barulho de uma grande cachoeira.
16
Em sua mão direita havia sete estrelas, e de sua boca saiu uma espada afiada de dois cortes. E seu rosto era como o sol brilhando com toda sua força.
17
Quando eu o vi, caí aos seus pés como se estivesse morto. Mas ele colocou sua mão direita sobre mim e disse: "Não tenha medo, eu sou o primeiro e o último.
18
Eu sou aquele que vive. Eu morri, mas olha, agora estou vivo para todo o sempre! E eu tenho as chaves da morte e do lugar dos mortos, Hades.
19
Escreva então as coisas que você já viu, tanto as coisas que estão acontecendo agora como as coisas que ainda vão acontecer.
20
O significado do mistério das sete estrelas que você viu na minha mão direita e dos sete candelabros de ouro é este: As sete estrelas são os líderes das sete igrejas e os sete candelabros são as sete igrejas.

topo
Participe da nossa comunidade
Facebook
Twitter