Então o Rei dirá aos que estiverem do seu lado direito: ‘Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai. Recebam como herança o reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo. Mateus 25.34
Leitura diária na versão Novo testamento Versão Palavra Viva/Velho testamento Bíblia Viva - Português


1 Samuel 18
1 Samuel 19
Marcos 13

1 Samuel 18


1
DEPOIS QUE O rei Saul e Davi terminaram sua conversa, Davi se encontrou com Jônatas, filho do rei, e houve desde logo um laço de grande amizade entre os dois. Jônatas fez um juramento de que Davi seria como seu próprio irmão, e para provar o que dizia, deu a Davi a sua capa, espada, arco e o cinto. Desde esse dia o rei Saul quis que Davi ficasse em Jerusalém, e não deixou mais que ele voltasse para a casa do seu pai.
5
Davi era o ajudante especial de Saul, e sempre realizava muito bem qualquer tarefa que lhe era confiada. Por isso Saul colocou a Davi como comandante de seus soldados. Tanto o exército, como o público em geral, gostaram muito dessa nomeação.
6
Mas aconteceu alguma coisa quando o exército israelita voltava vitorioso para casa, depois que Davi matou o gigante Golias. As mulheres saíram de todas as cidades e estavam à beira do caminho para celebrar a vitória e dar vivas ao rei Saul; cantavam e dançavam de alegria, ao som de tambores e outros instrumentos de música.
7
Contudo, era isto que elas cantavam: "Saul matou os seus milhares, e Davi matou seus dez milhares!"
8
Saul não gostou nada do que as mulheres cantavam, e ficou muito zangado. "Que história é essa?" disse ele para si mesmo. "Elas dão a Davi dez mil e a mim somente mil. Daqui a pouco o fazem rei!"
9
Assim, dessa ocasião em diante o rei Saul começou a ter ciúmes de Davi.
10
Na verdade, logo no dia seguinte, um espírito atormentador da parte de Deus tomou conta de Saul, e ele começou a ter acessos como um louco. Davi procurou acalmar o rei tocando a harpa, como sempre fazia nessas ocasiões. Porém Saul tinha na mão a sua lança
11
e de repente atirou-a contra Davi, com a intenção de espetá-lo na parede com a lança. Mas Davi saltou para um lado e escapou. Isto aconteceu uma outra vez, pois Saul tinha medo de Davi, e sentia inveja porque o Senhor o havia abandonado e agora estava do lado de Davi.
13
Finalmente Saul o expulsou da sua presença, e o rebaixou para o posto de capitão. Mas isso só serviu para dar maior publicidade a Davi.
14
Davi continuava vitorioso em tudo quanto fazia, porque vivia em comunhão com o Senhor.
15
Quando o rei Saul viu isto, ficou ainda com maior medo de Davi. Porém todo o povo de Israel e de Judá o amava, porque Davi era um deles.
17
Certo dia Saul disse a Davi: "Estou pronto a lhe dar minha filha mais velha, Merabe, por esposa. Mas primeiro você deve provar que é um verdadeiro soldado, lutando nas batalhas do Senhor." Porque Saul pensava consigo mesmo: "Eu o mandarei lutar contra os filisteus e deixo que eles o matem em lugar de eu mesmo matá-lo".
18
"Quem sou eu, para que seja o genro do rei?" exclamou Davi. "A família do meu pai não representa nada!"
19
Mas quando chegou o tempo do casamento, Saul fez Merabe casar-se com Adriel, um homem de Meolate, e não com Davi.
20
Nesse meio tempo, Mical, filha de Saul, apaixonou-se por Davi, e Saul ficou contente quando soube.
21
"Aqui está outra oportunidade de ver Davi morto pelos filisteus!" disse Saul para si mesmo. Mas para Davi ele disse: "Afinal de contas, você ainda pode ser meu genro, pais eu lhe darei minha filha mais moça".
22
Então Saul deu instruções a seus homens, para dizerem a Davi, em tom muito confidencial, que o rei gostava bastante dele, e que todos o amavam e achavam que ele devia aceitar a proposta do rei, e tornar-se seu genro.
23
Porém Davi lhes respondeu: "De que jeito um homem pobre como eu, de uma família desconhecida, encontrará dote suficiente para casar-se com a filha de um rei?"
24
Quando os homens de Saul lhe contaram o que Davi disse
25
Saul lhe respondeu: "Digam a Davi que o único dote de que eu preciso, é uma centena de filisteus mortos! Vingança sobre meus inimigas é tudo quanto eu quero." Mas o que Saul tinha em mente era que Davi fosse morto em combate.
26
Quando recebeu o recado, Davi ficou contente para aceitar a oferta de se casar com a filha do rei. Assim, antes que terminasse o prazo
27
ele e seus homens saíram e mataram os duzentos filisteus, e trouxeram a prova ao rei Saul. Então Saul deu Mical por esposa a Davi.
28
Quando o rei reconheceu o quanto Davi andava em comunhão com o Senhor e como crescia cada vez mais a sua popularidade
29
teve ainda maior medo dele. Cada dia que passava, mais Saul o odiava.
30
Sempre que o exército filisteu atacava, Davi conseguia mais vitórias contra eles, do que o restante dos oficiais de Saul. Assim, o nome de Davi ficou muito famoso por toda parte.

topo

1 Samuel 19


1
ENTÃO SAUL INSISTIU com seus auxiliares de confiança, e com seu filho Jônatas para matarem Davi. Mas Jônatas, devido à sua amizade com Davi
2
contou a ele as planos do pai. "Amanhã de manhã", Jônatas preveniu Davi, "você precisa encontrar um esconderijo nos campos.
3
Pedirei a meu pai que saia comigo ao campo, e falarei com ele a seu respeito; depois lhe cantarei tudo o que eu puder descobrir."
4
Na manhã seguinte, enquanto Jônatas e seu pai conversavam, ele falou bem de Davi, e implorou ao rei que não fosse contra Davi". "Ele nunca fez nada para prejudicar você", disse Jônatas. "Ele sempre tem ajudado você, de qualquer maneira que pode.
5
Você se esqueceu de quando ele arriscou a vida para matar o gigante Golias, e como o Senhor deu uma grande vitória a Israel como resultado? Certamente você ficou feliz naquela ocasião. Por que deveria derramar o sangue de um inocente, matando-o? Não há motivo algum para isso!"
6
Finalmente Saul concordou, e jurou: "Tão certo como o Senhor vive, Davi não será morto".
7
Depois Jônatas chamou Davi e lhe contou o que tinha acontecido. Então ele levou Davi até Saul, e tudo voltou a ser como antes.
8
Pouco tempo depois estourou a guerra, e Davi levou seus soldados contra os filisteus, matou muitos deles, e todo o exército filisteu tratou de fugir.
9
Porém um dia Saul estava sentado em sua casa, ouvindo Davi tocar harpa, e de repente um espírito atormentador da parte do Senhor o atacou. Saul estava com a lança na mão e atirou-a contra Davi, tentando matá-lo. Mas Davi se desviou, e a lança foi espetar-se na madeira da parede. Então Davi fugiu para sua casa.
11
Saul mandou soldados para vigiar a casa de Davi, e matá-lo quando ele saísse pela manhã. "Se você não fugir esta noite, pela manhã você vai ser morto," disse-lhe Mical.
12
De modo que ela ajudou Davi a descer por uma janela, e de lá ele fugiu para longe.
13
Depois ela pegou uma imagem e a colocou na cama, cobriu a imagem com cobertores e a colocou com a cabeça num travesseiro de pele de cabra.
14
Quando os soldados chegaram para prender Davi e levá-lo a Saul, ela disse a eles que Davi estava doente e não podia sair da cama.
15
Então Saul deu ordens para levarem Davi mesmo na cama, de maneira que ele pudesse matá-lo.
16
Mas quando chegaram para levá-lo embora, viram que era apenas uma imagem disfarçada com roupas e peles.
17
"Por que você me enganou e deixou que meu inimigo escapasse?" perguntou Saul a Mical. "Fui obrigada a deixá-lo fugir", respondeu Mical. "Ele ameaçou matar-me, se eu não o ajudasse."
18
Naquele dia Davi fugiu, e foi a Ramá a fim de encontrar-se com Samuel; e Davi contou a Samuel tudo o que Saul lhe havia feito. Então Samuel levou Davi consigo para morar em Naiote, na casa dos profetas.
19
Quando contaram a Saul que Davi se encontrava com os profetas em Naiote de Ramá
20
ele mandou soldados para prenderem Davi. Mas ao chegarem lá, viram Samuel e os outros profetas profetizando, e o Espírito de Deus veio sobre eles e os soldados de Saul também começaram a profetizar.
21
Quando Saul soube do que aconteceu, mandou outros soldados; mas estes também profetizavam! E a mesma coisa aconteceu ao terceiro grupo que Saul enviou!
22
Diante disso, o próprio Saul foi a Ramá, e chegou ao grande poço que estava em Secu. "Onde estão Samuel e Davi?", perguntou Saul. Alguém lhe contou que estavam em Naiote.
23
Porém no caminho para Naiote, o Espírito do Senhor veio sobre Saul, e ele também começou a profetizar!
24
Saul tirou as roupas de cima, e ficou deitado o dia todo e a noite toda, profetizando com os profetas de Samuel. Os homens de Saul nem podiam acreditar no que viam! "Que é isso?" eles exclamaram. "Saul agora virou profeta?"

topo

Marcos 13


1
Quando Jesus estava saindo do templo naquele dia, um dos seus discípulos falou: “Mestre, olhe estes edifícios impressionantes e aquelas pedras grandes nas paredes!”
2
E Jesus falou para ele: “Você está vendo todos esses grandes edifícios? Eles serão completamente derrubados até o ponto de nenhuma pedra ficar em cima da outra”.
3
Mais tarde, quando Jesus estava sentado no monte das Oliveiras, de frente para o templo, Pedro, Tiago, João e André se aproximaram dele e perguntaram em particular:
4
“Fale para nós, quando essas coisas vão acontecer? E que sinal vai nos mostrar quando todas essas coisas estiverem prestes a se cumprir?”
5
E Jesus começou a falar para eles: “Cuidado para que ninguém os engane.
6
Porque muitos virão no meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo!’ E eles enganarão a muitos.
7
E quando vocês ouvirem falar de guerras e relatos não confirmados de guerras, não se assustem. Essas coisas têm que acontecer, mas ainda não será o fim.
8
Pois nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá terremotos em vários lugares, e terá fome. Estas coisas são apenas o começo do sofrimento, como se fossem as primeiras dores de parto.
9
Mas fiquem atentos. Pois eles entregarão vocês às autoridades, e serão chicoteados nas sinagogas. Serão levados diante de governadores e reis por causa de mim. E esta será sua oportunidade de falar de mim para eles.
10
Pois antes do fim chegar, as Boas Notícias precisam ser pregadas para todas as nações.
11
E quando vocês estiverem presos e diante das autoridades nos tribunais, não fiquem preocupados antes da hora sobre o que vocês vão falar. Mas falem o que Deus der para vocês falarem naquela hora, pois não serão vocês falando, mas o Espírito Santo.
12
E irmãos entregarão seus próprios irmãos para serem mortos, e um pai entregará seu próprio filho, e filhos se levantarão contra seus pais e serão responsáveis por suas mortes.
13
E todos odiarão vocês por causa do meu nome. Mas aquele que ficar firme até o fim será salvo”.
14
E Jesus continuou: “Mas quando vocês virem a abominação que traz destruição no lugar onde não deveria estar (quem está lendo, entenda), então, aqueles que estão na Judeia fujam para os montes.
15
Quem estiver no telhado de sua casa não desça para dentro da casa, nem entre para pegar qualquer coisa.
16
Quem estiver trabalhando no campo não volte para buscar suas roupas.
17
E como serão terríveis aqueles dias para as mulheres grávidas e para as mães que estiverem amamentando seus bebês!
18
Orem para que quando vocês tiverem que fugir não seja inverno.
19
Pois terá mais sofrimento naqueles dias do que qualquer outro tempo desde que Deus criou o mundo. E nunca mais acontecerá uma coisa igual.
20
E se o Senhor não tivesse abreviado aqueles dias, ninguém sobreviveria. Mas, por causa dos eleitos que Deus escolheu para si, ele abreviou aqueles dias.
21
E então, se alguém falar para vocês: ‘Olhem, o Cristo está aqui!’, ou, ‘Olhem, ali está ele!’, não acreditem.
22
Porque vários falsos cristos e falsos profetas se levantarão e farão milagres e coisas extraordinárias para enganar, se fosse possível, até mesmo os escolhidos de Deus.
23
Mas fiquem atentos! Eu tenho avisado a vocês sobre tudo isso, antes que aconteça.
24
“Mas naqueles dias, depois daquele sofrimento, o sol será escurecido e a lua não dará sua luz.
25
As estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus serão abalados.
26
E então, verão o Filho do Homem vindo nas nuvens com grande poder e glória.
27
E então ele enviará seus anjos para juntar todos seus escolhidos de todos os cantos do mundo, desde os pontos mais distantes da terra até os pontos mais distantes do céu.
28
“Agora, aprendam uma lição com a figueira. Quando seus ramos ficam verdes e suas folhas começam a brotar, vocês sabem que o verão está próximo.
29
Assim também, quando vocês virem essas coisas acontecendo, saibam que ele está perto, bem nas portas.
30
Eu falo a verdade a vocês: Esta geração não passará até que todas essas coisas aconteçam.
31
Os céus e a terra passarão, mas minhas palavras nunca passarão.
32
E Jesus terminou, dizendo: “Mas em relação àquele dia ou àquela hora, ninguém sabe, nem os anjos no céu, nem mesmo o Filho, mas somente o Pai.
33
E desde que vocês não sabem quando esse tempo virá, fiquem atentos e vigiem.
34
A vinda do Filho do Homem pode ser comparada com um homem viajando para longe. Antes dele sair da sua casa, ele dá ordens para cada um dos seus servos sobre o trabalho que deve ser feito enquanto ele estiver fora; e ele fala para o porteiro ficar de vigia.
35
Então, vigiem! Pois vocês não sabem quando o dono da casa voltará, se no final da tarde, ou à meia-noite, ou quando o galo cantar, ou pela manhã.
36
Se ele vier de repente, não deixem ele achar vocês dormindo.
37
O que eu falo para vocês, eu falo para todo mundo: Vigiem!”

topo
Participe da nossa comunidade
Facebook
Twitter