Alonga de mim a falsidade e a mentira não me dês nem a pobreza nem a riqueza: dá-me só o pão que me é necessário Provérbios 30.8
Leitura diária na versão Revisada - Português


Isaías 42
Isaías 43
1 Timóteo 1

Isaías 42


1
Eis aqui o meu servo, a quem sustenho o meu escolhido, em quem se compraz a minha alma pus o meu espírito sobre ele. ele trará justiça às nações.
2
Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na rua.
3
A cana trilhada, não a quebrará, nem apagará o pavio que fumega em verdade trará a justiça
4
não faltará nem será quebrantado, até que ponha na terra a justiça e as ilhas aguardarão a sua lei.
5
Assim diz Deus, o Senhor, que criou os céus e os desenrolou, e estendeu a terra e o que dela procede que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela.
6
Eu o Senhor te chamei em justiça tomei-te pela mão, e te guardei e te dei por pacto ao povo, e para luz das nações
7
para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas.
8
Eu sou o Senhor este é o meu nome a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas.
9
Eis que as primeiras coisas já se realizaram, e novas coisas eu vos anuncio antes que venham à luz, vo-las faço ouvir.
10
Cantai ao Senhor um cântico novo, e o seu louvor desde a extremidade da terra, vós, os que navegais pelo mar, e tudo quanto há nele, vós ilhas, e os vossos habitantes.
11
Alcem a voz o deserto e as suas cidades, com as aldeias que Quedar habita exultem os que habitam nos penhascos, e clamem do cume dos montes.
12
Dêem glória ao Senhor, e anunciem nas ilhas o seu louvor.
13
O Senhor sai como um valente, como homem de guerra desperta o zelo clamará, e fará grande ruído, e mostrar-se-á valente contra os seus inimigos.
14
Por muito tempo me calei estive em silêncio, e me contive mas agora darei gritos como a que está de parto, arfando e arquejando.
15
Os montes e outeiros tornarei em deserto, e toda a sua erva farei secar e tornarei os rios em ilhas, e secarei as lagoas.
16
E guiarei os cegos por um caminho que não conhecem fá-los-ei caminhar por veredas que não têm conhecido tornarei as trevas em luz perante eles, e aplanados os caminhos escabrosos. Estas coisas lhes farei e não os desampararei.
17
Tornados para trás e cobertos de vergonha serão os que confiam em imagens esculpidas, que dizem às imagens de fundição: Vós sois nossos deuses.
18
Surdos, ouvi e vós, cegos, olhai, para que possais ver.
19
Quem é cego, senão o meu servo, ou surdo como o meu mensageiro, que envio? e quem é cego como o meu dedicado, e cego como o servo do Senhor?
20
Tu vês muitas coisas, mas não as guardas ainda que ele tenha os ouvidos abertos, nada ouve.
21
Foi do agrado do Senhor, por amor da sua justiça, engrandecer a lei e torná-la gloriosa.
22
Mas este é um povo roubado e saqueado todos estão enlaçados em cavernas, e escondidos nas casas dos cárceres são postos por presa, e ninguém há que os livre por despojo, e ninguém diz: Restitui.
23
Quem há entre vós que a isso dará ouvidos? que atenderá e ouvirá doravante?
24
Quem entregou Jacó por despojo, e Israel aos roubadores? porventura não foi o Senhor, aquele contra quem pecamos, e em cujos caminhos eles não queriam andar, e cuja lei não queriam observar?
25
Pelo que o Senhor derramou sobre Israel a indignação da sua ira, e a violência da guerra isso lhe ateou fogo ao redor contudo ele não o percebeu e o queimou contudo ele não se compenetrou disso.

topo

Isaías 43


1
Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi chamei-te pelo teu nome, tu és meu.
2
Quando passares pelas águas, eu serei contigo quando pelos rios, eles não te submergirão quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.
3
Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador por teu resgate dei o Egito, e em teu lugar a Etiópia e Seba.
4
Visto que foste precioso aos meus olhos, e és digno de honra e eu te amo, portanto darei homens por ti, e es povos pela tua vida.
5
Não temas, pois, porque eu sou contigo trarei a tua descendência desde o Oriente, e te ajuntarei desde o Ocidente.
6
Direi ao Norte: Dá e ao Sul: Não retenhas trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra
7
a todo aquele que é chamado pelo meu nome, e que criei para minha glória, e que formei e fiz.
8
Fazei sair o povo que é cego e tem olhos e os surdos que têm ouvidos.
9
Todas as nações se congreguem, e os povos se reunam quem dentre eles pode anunciar isso, e mostrar-nos coisas já passadas? apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem e para que se ouça, e se diga: Verdade é.
10
Vós sois as minhas testemunhas, do Senhor, e o meu servo, a quem escolhi para que o saibais, e me creiais e entendais que eu sou o mesmo antes de mim Deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
11
Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há salvador.
12
Eu anunciei, e eu salvei, e eu o mostrei e deus estranho não houve entre vós portanto vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor.
13
Eu sou Deus também de hoje em diante, eu o sou e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos operando eu, quem impedirá?
14
Assim diz o Senhor, vosso Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviarei a Babilônia, e a todos os fugitivos farei embarcar até os caldeus, nos navios com que se vangloriavam.
15
Eu sou o Senhor, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso Rei.
16
Assim diz o Senhor, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda
17
o que faz sair o carro e o cavalo, o exército e a força eles juntamente se deitam, e jamais se levantarão estão extintos, apagados como uma torcida.
18
Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.
19
Eis que faço uma coisa nova agora está saindo à luz porventura não a percebeis? eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
20
Os animais do campo me honrarão, os chacais e os avestruzes porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu escolhido,
21
esse povo que formei para mim, para que publicasse o meu louvor.
22
Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó mas te cansaste de mim, ó Israel.
23
Não me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios não te fiz servir com ofertas, nem te fatiguei com incenso.
24
Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniqüidades.
25
Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro.
26
Procura lembrar-me entremos juntos em juizo apresenta as tuas razões, para que te possas justificar!
27
Teu primeiro pai pecou, e os teus intérpretes prevaricaram contra mim.
28
Pelo que profanei os príncipes do santuário e entreguei Jacó ao anátema, e Israel ao opróbrio.

topo

1 Timóteo 1


1
Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, esperança nossa.
2
a Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor.
3
Como te roguei, quando partia para a Macedônia, que ficasse em Éfeso, para advertires a alguns que não ensinassem doutrina diversa,
4
nem se preocupassem com fábulas ou genealogias intermináveis, pois que produzem antes discussões que edificação para com Deus, que se funda na fé...
5
Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida
6
das quais coisas alguns se desviaram, e se entregaram a discursos vãos,
7
querendo ser doutores da lei, embora não entendam nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam.
8
Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usar legitimamente,
9
reconhecendo que a lei não é feita para o justo, mas para os transgressores e insubordinados, os irreverentes e pecadores, os ímpios e profanos, para os parricidas, matricidas e homicidas,
10
para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina,
11
segundo o evangelho da glória do Deus bendito, que me foi confiado.
12
Dou graças àquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me julgou fiel, pondo-me no seu ministério,
13
ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor, e injuriador mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade
14
e a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.
15
Fiel é esta palavra e digna de toda a aceitação que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais sou eu o principal
16
mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, o principal, Cristo Jesus mostrasse toda a sua longanimidade, a fim de que eu servisse de exemplo aos que haviam de crer nele para a vida eterna.
17
Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.
18
Esta admoestação te dirijo, filho Timóteo, que segundo as profecias que houve acerca de ti, por elas pelejes a boa peleja,
19
conservando a fé, e uma boa consciência, a qual alguns havendo rejeitado, naufragando no tocante à fé
20
e entre esses Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar.

topo
Participe da nossa comunidade
Facebook
Twitter