Acaso não nos renovarás a vida, a fim de que o teu povo se alegre em ti? Salmo 85.6
Leitura diária na versão Nova Versão Internacional - Portugués


Miquéias 1
Miquéias 2
Miquéias 3
João 1.19-51

Miquéias 1


1
A palavra do Senhor que veio a Miquéias de Moresete durante os reinados de Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá; visão que ele teve acerca de Samaria e de Jerusalém:
2
Ouçam, todos os povos; prestem atenção, ó terra e todos os que nela habitam; que o Senhor, o Soberano, do seu santo templo testemunhe contra vocês.
3
Vejam! O Senhor já está saindo da sua habitação; ele desce e pisa os lugares altos da terra.
4
Debaixo dele os montes se derretem como cera diante do fogo, e os vales racham ao meio, como que rasgados pelas águas que descem velozes encosta abaixo.
5
Tudo por causada transgressão de Jacó, dos pecados da nação de Israel. Qual é a transgressão de Jacó? Acaso não é Samaria? Qual é o altar idólatra de Judá? Acaso não é Jerusalém?
6
Por isso farei de Samaria um monte de entulho em campo aberto, um lugar para plantação de vinhas; atirarei as suas pedras no vale e porei a descoberto os seus alicerces.
7
Todas as suas imagens esculpidas serão despedaçadas e todos os seus ganhos imorais serão consumidos pelo fogo; destruirei todas as suas imagens. Visto que o que ela ajuntou foi como ganho da prostituição, como salário de prostituição tornará a ser usado.
8
Por causa disso chorarei e lamentarei; andarei descalço e nu. Uivarei como um chacal e gemerei como um filhote de coruja.
9
Pois a ferida de Samaria é incurável e chegou a Judá. O flagelo alcançou até mesmo a porta do meu povo, até a própria Jerusalém!
10
Não contem isso em Gate, e não chorem. Habitantes de Bete-Ofra[1], revolvam-se no pó.
11
Saiam nus e cobertos de vergonha, vocês que moram em Safir[2]. Os habitantes de Zaanã[3]não sairão de sua cidade. Bete-Ezel está em prantos; foi-lhe tirada a proteção.
12
Os que vivem em Marote[4]se contorcem de doraguardando alívio, porque a desgraça veio da parte do Senhor até as portas de Jerusalém.
13
Habitantes de Laquis[5], atrelem aos carrosas parelhas de cavalos. Vocês foram o início do pecado da cidade[6] de Sião, pois as transgressões de Israel foram aprendidas com vocês.
14
Por isso vocês darão presentes de despedida a Moresete-Gate. A cidade de Aczibe[7]se revelará enganosa aos reis de Israel.
15
Trarei um conquistador contra vocês que vivem em Maressa[8]. A glória de Israel irá a Adulão.
16
Rapem a cabeça em pranto por causa dos filhos nos quais vocês tanto se alegram; fiquem calvos como a águia, pois eles serão tirados de vocês e levados para o exílio.

topo

Miquéias 2


1
Ai daqueles que planejam maldade, dos que tramam o malem suas camas! Quando alvorece, eles o executam, porque isso eles podem fazer.
2
Cobiçam terrenos e se apoderam deles; cobiçam casas e as tomam. Fazem violência ao homem e à sua família; a ele e aos seus herdeiros.
3
Portanto, assim diz o Senhor: Estou planejando contra essa genteuma desgraça, da qual vocês não poderão livrar-se. Vocês não vão mais andar com arrogância, pois será tempo de desgraça.
4
Naquele dia vocês serão ridicularizados; zombarão de vocês com esta triste canção: "Estamos totalmente arruinados; dividida foi a propriedade do meu povo. Ele tirou-a de mim! Entregou a invasores as nossas terras".
5
Portanto, vocês não estarão na assembléia do Senhor para a divisão da terra por sorteio.
6
"Não preguem", dizem os seus profetas. "Não preguem acerca dessas coisas; a desgraça não nos alcançará." Ó descendência de Jacó,
7
é isto que está sendo falado: "O Espírito do Senhor perdeu a paciência? É assim que ele age?" "As minhas palavras fazem bem àquele cujos caminhos são retos.
8
Mas, ultimamente, como inimigos vocês atacam o meu povo. Além da túnica, arrancam a capa daqueles que passam confiantes, como quem volta da guerra.
9
Vocês tiram as mulheres do meu povo de seus lares agradáveis. De seus filhos vocês removem a minha dignidade para sempre.
10
Levantem-se, vão embora! Pois este não é o lugar de descanso, porque ele está contaminado, e arruinado, sem que haja remédio.
11
Se um mentiroso e enganador vier e disser: "Eu pregarei para vocês fartura de vinho e de bebida fermentada", ele será o profeta deste povo!
12
Vou de fato ajuntar todos vocês, ó Jacó; sim, vou reunir o remanescente de Israel. Eu os ajuntarei como ovelhas num aprisco, como um rebanho numa pastagem; haverá ruído de grande multidão.
13
Aquele que abre o caminho irá adiante deles; passarão pela porta e sairão. O rei deles, o Senhor, os guiará.

topo

Miquéias 3


1
Então eu disse: Ouçam, vocês que são chefes de Jacó, governantes da nação de Israel. Vocês deveriam conhecer a justiça!
2
Mas odeiam o bem e amam o mal; arrancam a pele do meu povoe a carne dos seus ossos.
3
Aqueles que comem a carne do meu povo, arrancam a sua pele, despedaçam os seus ossos e os cortam como se fossem carne para a panela,
4
um dia clamarão ao Senhor, mas ele não lhes responderá. Naquele tempo ele esconderá deles o rosto por causa do mal que eles têm feito.
5
Assim diz o Senhor: Aos profetas que fazem o meu povo desviar-se, e que, quando lhes dão o que mastigar, proclamam paz, mas proclamam guerra santa contra quem não lhes enche a boca:
6
Por tudo isso a noite virá sobre vocês, noite sem visões; haverá trevas, sem adivinhações. O sol se porá e o dia se escurecerá para os profetas.
7
Os videntes envergonhados, e os adivinhos constrangidos, todos cobrirão o rosto porque não haverá respostada parte de Deus.
8
Mas, quanto a mim, graças ao poder do Espírito do Senhor, estou cheio de força e de justiça, para declarar a Jacó a sua transgressão, e a Israel o seu pecado.
9
Ouçam isto, vocês que são chefes da descendência de Jacó, governantes da nação de Israel, que detestam a justiça e pervertem tudo o que é justo;
10
que constroem Sião com derramamento de sangue, e Jerusalém com impiedade.
11
Seus líderes julgam sob suborno, seus sacerdotes ensinam visando lucro, e seus profetas adivinham em troca de prata. E ainda se apóiam no Senhor, dizendo: "O Senhor está no meio de nós. Nenhuma desgraça nos acontecerá".
12
Por isso, por causa de vocês, Sião será arada como um campo, Jerusalém se tornará um monte de entulho, e a colina do templo, um matagal.

topo

João 1

19-51
19
Este foi o testemunho de João, quando os judeus de Jerusalém enviaram sacerdotes e levitas para lhe perguntarem quem ele era.
20
Ele confessou e não negou; declarou abertamente: "Não sou o Cristo[8]".
21
Perguntaram-lhe: "E então, quem é você? É Elias?" Ele disse: "Não sou". "É o Profeta?" Ele respondeu: "Não".
22
Finalmente perguntaram: "Quem é você? Dê-nos uma resposta, para que a levemos àqueles que nos enviaram. Que diz você acerca de si próprio?"
23
respondeu com as palavras do profeta Isaías: "Eu sou a voz do que clama no deserto: [9] "Façam um caminho reto para o Senhor"" [10].
24
Alguns fariseus que tinham sido enviados
25
interrogaram-no: "Então, por que você batiza, se não é o Cristo, nem Elias, nem o Profeta?"
26
Respondeu João: Eu batizo com[11] água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem.
27
Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias.
28
Tudo isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.
29
No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!
30
Este é aquele a quem eu me referi, quando disse: Vem depois de mim um homem que é superior a mim, porque já existia antes de mim.
31
Eu mesmo não o conhecia, mas por isso é que vim batizando com água: para que ele viesse a ser revelado a Israel.
32
Então João deu o seguinte testemunho: Eu vi o Espírito descer dos céus como pomba e permanecer sobre ele.
33
Eu não o teria reconhecido, se aquele que me enviou para batizar com água não me tivesse dito: "Aquele sobre quem você vir o Espírito descer e permanecer, esse é o que batiza com o Espírito Santo".
34
Eu vi e testifico que este é o Filho de Deus.
35
No dia seguinte João estava ali novamente com dois dos seus discípulos.
36
Quando viu Jesus passando, disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus!"
37
Ouvindo-o dizer isso, os dois discípulos seguiram Jesus.
38
Voltando-se e vendo Jesus que os dois o seguiam, perguntou-lhes: "O que vocês querem?" Eles disseram: "Rabi" (que significa "Mestre" ), "onde estás hospedado?"
39
Respondeu ele: "Venham e verão". Então foram, por volta das quatro horas da tarde[12], viram onde ele estava hospedado e passaram com ele aquele dia.
40
André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o que João dissera e que haviam seguido Jesus.
41
O primeiro que ele encontrou foi Simão, seu irmão, e lhe disse: "Achamos o Messias" (isto é, o Cristo).
42
E o levou a Jesus. Jesus olhou para ele e disse: "Você é Simão, filho de João. Será chamado Cefas" (que traduzido é "Pedro[13]" ).
43
No dia seguinte Jesus decidiu partir para a Galiléia. Quando encontrou Filipe, disse-lhe: "Siga-me".
44
Filipe, como André e Pedro, era da cidade de Betsaida.
45
Filipe encontrou Natanael e lhe disse: "Achamos aquele sobre quem Moisés escreveu na Lei, e a respeito de quem os profetas também escreveram: Jesus de Nazaré, filho de José".
46
Perguntou Natanael: "Nazaré? Pode vir alguma coisa boa de lá?" Disse Filipe: "Venha e veja".
47
Ao ver Natanael se aproximando, disse Jesus: "Aí está um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade".
48
Perguntou Natanael: "De onde me conheces?" Jesus respondeu: "Eu o vi quando você ainda estava debaixo da figueira, antes de Filipe o chamar".
49
Então Natanael declarou: "Mestre[14], tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!"
50
Jesus disse: "Você crê porque eu disse que o vi debaixo da figueira. [15] Você verá coisas maiores do que essa!"
51
E então acrescentou: "Digo-lhes a verdade: Vocês verão o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem".

topo
Únete a nuestra comunidad
Facebook
Twitter