Animem os que sentem medo, dizendo: "Vamos, seja forte! Não tenha medo! Veja, o seu Deus está vindo para castigar seus inimigos. Ele vai salvar você!" Isaías 35.4
Daily reading in version Novo testamento Versão Palavra Viva/Velho testamento Bíblia Viva - Portuguese


Jó 29
Jó 30
Jó 31
1 Coríntios 5

Jó 29


1
E JÓ CONTINUOU sua defesa:
2
Ah, que saudade do meu passado, do tempo em que Deus me protegia!
3
Que saudade do tempo em que Deus, com a sua luz, iluminava o meu caminho e eu andava em segurança em meio às trevas!
4
Que saudade do tempo em que eu era forte e cheio de saúde, quando Deus era meu amigo e abençoava minha família!
5
Quem me dera voltar ao tempo em que Deus estava do meu lado e eu tinha a companhia alegre de meus filhos
6
o tempo em que meu caminho era feito só de sucesso, o tempo em que eu era capaz de conseguir azeite de uma pedreira!
7
Naquele tempo eu tinha um lugar reservado entre os cidadãos influentes e dignos de respeito.
8
Quando os jovens me viam chegando, levantavam-se e abriam caminho; os velhos ficavam em pé, em sinal de respeito.
9
Até as autoridades deixavam de lado os assuntos importantes e se calavam quando eu chegava.
10
Homens ricos e importantes paravam de falar sobre negócios para me escutar.
11
Minhas palavras eram a alegria da cidade e todos me conheciam como um homem honesto e justo.
12
Eu ajudava os pobres que estavam sendo explorados e os órfãos que não tinham ninguém para lhes dar abrigo.
13
Ajudava os que estavam às portas da morte e eles me abençoavam; eu ajudei muitas viúvas a ficarem alegres novamente.
14
Em todas as minhas ações eu procurava ser justo; fiz da justiça a minha roupa de todo dia.
15
Eu servi de vista para os cegos e de perna para os aleijados.
16
Fui um pai para pobres e necessitados e até aos estranhos eu protegi e julguei com justiça.
17
Eu quebrei os dentes afiados dos perversos e tirei as pobres vítimas da boca dos exploradores desonestos.
18
Então, eu pensava: 'Minha morte chegará tranqüilamente, em casa, depois de uma vida longa e bem vivida.
19
Serei como uma árvore de raízes longas, que chegam até o rio; o orvalho cairá sobre mim e meus ramos serão sempre verdes.
20
Receberei muitas honras e a minha força será sempre renovada.
21
Quem me conhecia procurava sempre ouvir meus conselhos e todos se calavam para me escutar.
22
Quando havia alguma dúvida ou discussão, eu sempre tinha a última palavra pois todos aceitavam minhas opiniões.
23
Todos esperavam pelos meus conselhos como, a terra seca espera pela chuva da primavera.
24
Quando alguém estava triste e desanimado, o meu sorriso lhe devolvia a alegria e a disposição de viver.
25
Para o meu povo eu era um guia para mostrar o caminho, um rei que comandava os exércitos, um chefe que organizava e um amigo para consolar os tristes.

top

Jó 30


1
MAS AGORA, OS jovens riem de mim! Jovens cujos pais não mereceriam ficar ao lado dos cachorros que tomavam conta das minhas ovelhas!
2
Eles são fortes, sem dúvida, mas incapazes de trabalhar decentemente.
3
São tão tolos que acabaram ficando meio mortos de fome e foram expulsos da cidade para morar no deserto.
4
Hoje eles se alimentam de raízes e ervas que crescem entre as ruínas de antigas cidades
5
porque foram jogados fora pela sociedade, foram expulsos aos gritos, como ladrões.
6
Hoje moram em cavernas escuras e nos vales estreitos entre as montanhas.
7
Arrastando-se entre as moitas de capim bravo, no meio dos espinheiros, parecem animais.
8
E agora, os filhos deles também mostram que são tolos, pois zombam de mim! São iguais aos pais, sem valor para o mundo!
9
Agora eu me tornei motivo de zombaria e brincadeiras maldosas para esse tipo de gente.
10
Eles me desprezam, fogem de mim e não perdem uma chance de me cuspir no rosto.
11
Tudo isso porque Deus me tirou o poder e as riquezas; sim, é por isso que eles querem me mostrar como são livres e independentes.
12
Esse bando de maus elementos me ataca e procura me destruir à traição.
13
Eles enchem de buracos o meu caminho e procuram apressar minha destruição sabendo que não tenho ninguém para me ajudar:
14
Eles me atacam como um bando de soldados entrando por um buraco na muralha de uma cidade já meio destruída.
15
Vivo dominado pelo medo; minha honra foi levada embora, como uma folha ao vento e a minha felicidade como a nuvem que a ventania levou para longe.
16
Meu coração está quebrado em pedaços; meus dias estão-cheios de dor e sofrimento.
17
Minhas noites são cheias de dor e parece que os meus ossos estão sendo furados e quebrados sem parar.
18
Minha doença é tão terrível que meu corpo ficou todo deformado, minhas roupas ficaram cheirando a pus e colaram à minha pele.
19
Oh Deus, o Senhor me jogou na lama. Já não sou mais do que pó e cinza.
20
Eu grito pedindo ajuda, mas o Senhor não me responde. Eu me levanto para falar, mas o Senhor não dá atenção.
21
Como o Senhor foi cruel comigo! Lutando contra mim com todo o seu poder.
22
O Senhor me lançou para longe com o vento e me dissolveu com as tempestades da vida.
23
Eu bem sei que o seu plano para mim é a morte, e depois o reino dos mortos, como todos os homens.
24
Minha vida virou um monte de ruínas; por que então deveria eu ficar calado, sem estender a mão para pedir ajuda, sem gritar pedindo socorro?
25
Quando outros passaram por dificuldades, o meu coração não ficou pesado com eles? Quando outros tiveram necessidades o meu coração não ficou pesado por causa deles?
26
Quando eu esperava a recompensa de Deus pela minha vida, Ele me castigou; quando eu esperava ver a luz divina, a escuridão caiu sobre mim.
27
Meu coração está agitado e cheio de medo; minha vida é pura aflição e desespero.
28
Meu rosto está escuro, não de tomar sol, mas de chorar de tristeza. Peço ajuda aos antigos amigos da cidade mas agora meus únicos amigos são os animais selvagens, os chacais e os avestruzes; não adianta pedir ajuda aos homens.
30
Minha pele, dura e negra, se quebra e cai; dentro de mim, os ossos queimam como fogo.
31
Minhas canções alegres se transformaram em música de enterro, minha música feliz em canto de dor e sofrimento.

top

Jó 31


1
QUANDO ERA JOVEM, fiz um trato com Deus. Nunca olharia para uma mulher com intenções impuras em meu coração.
2
Eu sabia que fazendo isso traria sobre mim a ira de Deus e perderia a sua bênção.
3
Sabia também que Deus tem um castigo reservado para os que vivem em pecado, profunda tristeza para quem insiste em desobedecer a Ele.
4
Afinal, Deus conhece perfeitamente a minha vida e sabe tudo que eu faço.
5
Se por acaso eu menti ou enganei alguém
6
Deus sabe que não, que sou inocente
7
se andei fora do caminho de Deus, se meu coração desejou com intenções impuras o que meus olhos viram, se eu for culpado de algum pecado qualquer
8
desejo que outros fiquem ricos às minhas custas, comendo o que eu plantei e arrancando para si as minhas plantações.
9
Se eu desejei em meu coração roubar a mulher de algum outro homem
10
minha esposa há de se tornar amante de outro homem e dar a ele o seu amor.
11
Isso seria um castigo justo para um crime terrível, digno de ser julgado num tribunal.
12
Sim, esse forte desejo sexual é um fogo que arde dentro do homem e pode até destruir sua vida, acabar com suas riquezas e bens.
13
Se eu fui desonesto com meus empregados quando eles me faziam algum pedido
14
que esperança teria eu quando Deus me chamasse para prestar contas? O que eu Lhe diria se Ele me perguntasse a respeito de meus empregados?
15
Afinal, o mesmo Deus que me criou também criou meus empregados.
16
"Se explorei os pobres, guardando o alimento para vender mais caro na época do preço alto, se fiz viúvas chorarem
17
se comi até não poder mais enquanto os órfãos morriam de fome
18
(a verdade é que desde a minha mocidade eu cuidei de órfãos em minha própria casa e sempre ajudei as viúvas)
19
se deixei alguém morrer de frio por falta de agasalho, se não dei coberta a quem não tinha dinheiro para comprar um cobertor
20
se os pobres não me abençoaram ao sentir o calor da lã das minhas ovelhas,
21
e se eu ganhei riquezas às custas dos órfãos por ser amigo das autoridades
22
então quero que meu ombro se desloque, meu braço saia do lugar e assim eu fique aleijado para sempre.
23
Isso ainda seria melhor do que enfrentar o julgamento divino, pois eu não seria capaz de enfrentar a grandeza e o poder de Deus.
24
Se eu coloquei minha esperança nas riquezas
25
se me considerei seguro por ter muito dinheiro e por ter ficado muito rico
26
se olhei para o sol brilhante ou para a lua bem clara num céu sem nuvens
27
e me deixei enganar, adorando um ou outro, e jogando beijos com a mão para o céu
28
isso também deveria ser julgado como crime, num tribunal, porque eu estaria negando a existência de Deus.
29
Se eu me alegrei ao ver meu inimigo sofrendo e passando por dificuldades
30
(coisa que eu absolutamente nunca fiz, e nunca prometi vingança ou orei a Deus pedindo castigo a quem me odiava)
31
se algum de meus muitos empregados ficou ao menos um dia passando fome
32
se as portas da minha casa não se abriram para hospedar até mesmo os estrangeiros e desconhecidos
33
se eu fiz como Adão, tentando esconder de Deus os meus pecados
34
por ter medo de ser descoberto pelos vizinhos e ser desprezado pela sociedade, e assim não reconheci meu pecado, e não me desviei do caminho para ajudar outro
35
Ah, quem dera que alguém se importasse em me ouvir e acreditar em mim! Eu disse que sou inocente e assino tudo o que disse! Que o Grande Deus venha provar que estou errado! Ele que escreva as razões porque me condenou a todo esse sofrimento!
36
Se Ele me desse uma declaração assim, ela teria um lugar de honra em minha vida.
37
Então eu diria a Deus tudo o que fiz, com a dignidade que eu tinha antes e perdi.
38
Se a minha terra me acusar e chorar porque eu matei os donos para me tornar um rico proprietário, porque colhi toda a plantação sem deixar fruto nas árvores
40
quero que ela passe a produzir espinhos e ervas bravas em vez de trigo e cevada. Assim, Jó terminou a sua defesa.

top

1 Coríntios 5


1
Quase não dá para acreditar, mas estão dizendo que há entre vocês imoralidade sexual; o tipo de imoralidade que é condenado até mesmo pelos pagãos. Ouvi dizer que certo homem está tendo relações sexuais com a própria madrasta.
2
E vocês estão orgulhosos! Não deviam estar cheios de tristeza e vergonha e retirar este homem do meio de vocês?
3
Ainda que não esteja pessoalmente com vocês, eu estou em espírito. E como se estivesse aí, já condenei o homem que fez isso.
4
Em nome do Senhor Jesus Cristo, vocês devem convocar uma reunião da igreja, onde estarei presente com vocês em espírito; e, juntamente, o poder de nosso Senhor Jesus Cristo.
5
E assim, vocês devem expulsar este homem e entregá-lo nas mãos de Satanás, para que sua natureza pecaminosa seja destruída, e seu espírito seja salvo no dia do Senhor.
6
É terrível como se orgulham e ainda deixam coisas como essas acontecerem entre vocês. Pois não compreendem que esse pecado é como um pouco de fermento que se espalha pela massa inteira?
7
Livrem-se do "fermento" velho retirando essa pessoa má do meio de vocês. E serão como uma massa fresca sem fermento, que é o que vocês realmente são. Pois Cristo, nosso cordeiro da Páscoa, foi sacrificado.
8
Então vamos celebrar a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da malícia e da maldade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade.
9
Na carta que escrevi antes para vocês, falei para não se associarem com pessoas que praticam imoralidade sexual.
10
Mas eu não estava falando sobre incrédulos que vivem em imoralidade sexual, ou que desejam o que é dos outros, ou que enganam e roubam pessoas, ou adoram ídolos. Pois, para evitar pessoas como essas vocês teriam que deixar este mundo.
11
Mas agora estou escrevendo a vocês para não se associarem com qualquer um que se diz irmão em Cristo, mas se entrega à imoralidade sexual, ou deseja o que é dos outros, ou adora ídolos, ou fala mal dos outros, ou é um bêbado, ou que engana e rouba os outros. Vocês nem devem comer com pessoas assim.
12
Não é minha responsabilidade julgar pessoas fora da igreja; mas é, sem dúvida, a responsabilidade de vocês julgar os de dentro da igreja que pecam nessas coisas.
13
Deus julgará os que estão de fora; mas como as Escrituras dizem: "Expulsem a pessoa má do meio de vocês".

top
Join our community
Facebook
Twitter